9 min read
Rate this post

CBD é o acrônimo para Cannabidiol. Um composto encontrado na maconha e na cannabis que não possui o componente intoxicante e outros efeitos relacionados à outros compostos da Cannabis como o Tetrahydrocannabinol (THC). Logo, é uma substância legal, vendida e usada em diferentes países ao redor do globo.

O CBD derivado da maconha é legal em diferentes países pois pesquisas comprovam os diversos benefícios do composto para o corpo humano. A maior vantagem da planta da maconha é que possui uma concentração muito menos de THC e outros componentes que pode desencadear os efeitos psicoativos da Cannabis.

No lugar do THC, a planta do cânhamo possui uma concentração maior dos cannabinoides que ajudam muito o funcionamento do corpo humano. Estudos sobre o CBD já comprovaram sua imensa capacidade de cura das mais diferentes doenças, em seres humanos e animais, incluindo a Epilepsia.

Tratando a Epilepsia com o CBD

Normalmente quando alguém menciona cannabis, muitas pessoas persiste em falar dos seus efeitos colaterais e psicoativos. Consequentemente, eles ignoram o mais importante: o valor medicinal da erva. Não é segredo para ninguém os seus inúmeros benefícios para tratar doenças, como a Epilepsia, por exemplo. Em 2013, a CBN apresentou uma material feita pelo Dr. Sanjay Gupta que funcionou como uma excelente introdução para os mais diversos benefícios medicinais do CBD e do THC. Esta matéria detalhou o uso de cannabis para o tratamento de diferentes doenças como o câncer, a epilepsia e outras. Você pode conferir a material no vídeo abaixo e se educar sobre os mais diversos benefícios da marijuana como fim medicinal.

O que é Epilepsia?

Epilepsia é um condição crônica que causa convulsões sem motivos aparentes e com uma certa frequência. Essas convulsões são resultado de um choque cerebral repetido que atinge o cérebro. Esta descarga elétrica se espalha então pelo corpo causando a tremedeira e convulsão. Para configurar a epilepsia, ele/ela deve ter sofrido pelo menos duas convulsões sem motive aparente. Segundo especialistas, os motivos são obscuros, mas podem ser resultado de:

  • AVC (Acidente  Vascular Cerebral)
  • Pouco oxigênio no nascimento
  • Lesão na Cabeça
  • Nível inapropriado de açúcar a Sódio no Sangue
  • Tumor Cerebral
  • Lesões no Cérebro
  • Histórico Familiar

Como o CBD acaba com a convulsões

Pesquisadores encontraram a solução para as convulsões e ela é o óleo de CBD. O Cannabidiol apresenta inúmeras propriedades que atuam como agentes anti-convulsórios. Estes agentes desempenham papel fundamental minimizando o número relacionado aos sintomas ou a própria convulsão. Veja este fascinante documentário que descreve a ciência da Cannabis no tratamento para a Epilepsia.

Quais são os benefícios de usar o CBD no tratamento da Epilepsia?

Até hoje não existe um tratamento estável para Epilepsia. Porém, pesquisadores identificaram e consideram o CBD como o remédio perfeito para o problema. Este componente químico da cannabis possui propriedades anti-convulsórias. Estas propriedades são fundamentais para a redução o número de convulsões relacionadas aos sintomas da epilepsia. Na verdade, há uma série de benefícios que são relacionados ao uso do óleo de CBD para o tratamento da Epilepsia, como:

+É tudo natural

O CBD é um composto natural da cannabis usado para tratar a Epilepsia. Portanto, o usuário não apresenta efeitos colaterais perigosos. Como um paciente epilético, você pode fazer uso do produto quando quiser. Já que apresenta efeitos anti-convulsão, você vai reduzir ou anular as convulsões. Além disso, os sintomas relacionados à doença vão praticamente sumir.

+Habilidade de Interagir com os receptores do cérebro

Receptores no cérebro são de fundamental importância no tratamento das convulsões. Isso ocorre especialmente quando alguém possui alguma desornem neural. Sendo assim, o cérebro não será capaz de gerenciar ou controlar funções como humor, apetite, movimentos, emoções, inflamações, coordenação e então vão aparecer as convulsões. Porém, o CBD possui propriedades anti-convulsórias que atuam nestas condições evitando e estabilizando o número de convulsões e sintomas relacionados.

+Não é tão caro

O uso do óleo de CBD é muito menos caro do que os outros tratamentos convencionais da Epilepsia. Portanto, muitos dos pacientes poderão ter acesso aos produtos de CBD de uma maneira que lhe convém e mais económica. Porém, não deixe o preço baixo e acessível te iludir e te deixar com dúvida sobre a qualidade do produto.

+Fortalece o sistema endocannabinóide

Um sistema endocannabinóide forte e eficiente fortalece a imunidade do corpo humano. Consequentemente o corpo pode tratar, curar e lutar contra problemas de saúde e condições como a Epilepsia. O CBD oferece um fortalecimento considerável ao seu sistema endocannabinoide.

Quais são os efeitos colaterais do uso do CBD para a Epilepsia?

Assim como qualquer outro medicamento, o CBD também pode apresentar efeitos colaterais que você precisa fica atento. O paciente pode apresentar:

  • Sonolência
  • Pressão Baixa
  • Boca Seca
  • Tremedeira

Todas essas condições aparecem depois do primeiro uso do óleo de CBD e algumas podem ser também associadas com alguma outra medicação. Se você esta propenso à alguma outra condição, é melhor consultar um médico sobre o uso dos produtos de CBD.

Dosagem de CBD

Regularidade na sua dosagem de CBD é muito importante para assegurar o resultado que você espera do produto na sua aposta de curar a Epilepsia. Na compra do seu produto CBD, você encontrará uma recomendação de dosagem junto com o produto. Normalmente, as pessoas fazem o uso do óleo do CBD entre uma e três vezes todos os dias. Comece com um número entre uma e três gotas debaixo da língua. Espere 60 segundos para engolir. Se preferir, também há a opção pelas cápsulas.

Felizmente, não há Registro e nem possibilidade de uma overdose de CBD, umas vez que o produto não é tóxico, você pode usar até 1,500 mg no mesmo dia. Na verdade, desde o lançamento, nenhuma morte foi registrada. Logo, você pode consumir o quanto achar necessário. Porém, é sempre bom manter um controle e regularidade.

No caso do tratamento de câncer, é recomendado a mistura do óleo de CBD com o óleo de Cannabis. Isso vai ajudar aliviar a dor e ansiedade.

Histórias de sucesso de pessoas usando CBD para curar a Epilepsia

Existem inúmeras histórias de sucesso sobre o uso do CBD não só no tratamento da Epilepsia, mas de muitas outras doenças. Algumas histórias são tão marcantes que ganharam a cobertura da mídia, por exemplo:

  • Como o CBD ajudou uma criança com Epilepsia
  • A maconha salva o filho do pai
  • Milagre do CBD !! De convulsão Coma a correr em dias !! Cannabis Cures !!

Pesquisa sobre o CBD para Epilepsia

Vários estudos confirmar os efeitos do CBD no tratamento da Epilepsia. Esses estudos são de fundamental importância pelo nível das descobertas feitas, incluindo:

  • Em 2.700 aC, escavações arqueológicas desenterraram uma antiga sepultura que continha uma grande quantidade de cannabis. Ele foi preservado e presumivelmente usado como um agente medicinal para o tratamento de várias doenças, incluindo a epilepsia.
  • A descrição da medicação anti-convulsvória foi publicada em 1843 por W. B O’Shaughnessy, um médico competente. Esta publicação confirmou propriedades anti-apreensão em Cannabis.
  • A cannabis enriquecida com CBD oferece epilepsia resistente ao tratamento pediátrico.

Resumo

A epilepsia envolve ataques recorrentes e não provocados. Podem ocorrer a qualquer momento, arriscando assim o indivíduo epiléptico. No entanto, o início do óleo CBD tem feito muito bem a esses pacientes. A DBC tem propriedades anti-convulsórias que reduzem eficientemente o número de convulsões. Além disso, alivia os sintomas que acompanham a epilepsia. Como paciente epiléptico, você pode tentar. Você deve experimentar resultados, mas também estar ciente de que mais pesquisas são necessárias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

five − five =