7 min read
Rate this post

CBD é o acrônimo para Cannabidiol. Um composto encontrado na maconha e na cannabis que não possui o componente intoxicante e outros efeitos relacionados à outros compostos da Cannabis como o Tetrahydrocannabinol (THC). Logo, é uma substância legal, vendida e usada em diferentes países ao redor do globo.

O CBD derivado da maconha é legal em diferentes países pois pesquisas comprovam os diversos benefícios do composto para o corpo humano. A maior vantagem da planta da maconha é que possui uma concentração muito menos de THC e outros componentes que pode desencadear os efeitos psicoativos da Cannabis.

No lugar do THC, a planta do cânhamo possui uma concentração maior dos cannabinoides que ajudam muito o funcionamento do corpo humano. Estudos sobre o CBD já comprovaram sua imensa capacidade de cura das mais diferentes doenças, em seres humanos e animais, sendo a Fibromialgia uma delas.

O que é Fibromialgia?

Fibromialgia é uma doença crônica com sintomas como dor no intestino, dor nas articulações, fadiga, enxaqueca, insônia e dores crônicas. Os pacientes que sofrem com a Fibromialgia apresentam uma maior sensibilidade a dor. Isso é o resultado causado por uma função anormal aos sinais da dor sentidos pelo sistema nervosa central. A maioria das drogas farmacêuticas que são usadas para tratar a Fibromialgia possuem aliviadores de dor como soníferos, relaxantes musculares, opioides e NSAIDs.

Recentemente, muitos pacientes optaram por usar os produtos CBD para tratar a doença em questão. Isso porque muitos acreditam que os produtos naturais, como os que possuem CBD, possuem menos efeitos colaterais e são mais seguros se comparados aos remedies de prescrição.

 

Usando o CBD para tratar a Fibromialgia

Ainda são necessários alguns estudos para provar que o CBD é efetivo no tratamento da Fibromialgia, mas, é importante entender que uma das causas da doença é a desregulação ou uma deficiência do endocannabinoides. Está deficiência pode ser intendida como um mau funcionamento do sistema endocannabinoide. Isso normalmente é resultado quando a pessoa não produz a quantidade necessária de endocannabinoides, se isto acontece, a pessoa fica mais sensível à dor. Os endocannabinoides são os neuromoduladores que controlam a maneira que nós seres humanos percebemos a dor no nosso corpo. Quando o nosso corpo não possui endocannabinoide suficiente, o nosso sistema endocannabinoide não funcionará corretamente para mantes o equilíbrio do corpo. Este é o principal motive que faz com que os pacientes com Fibromialgia sofram muito mais com as dores do que pessoas sem a doença.

O CBD é conhecido por auxiliar o sistema endocannabinoide a balancear suas atividades já que o CBD ajuda no processo de quebra dos endocannabinoides. Então, se seu corpo possui alguma deficiência na produção desta substância, o CBD vai agir como um suplemento e elevar os níveis de cannabinoides no seu corpo.

Quais são os efeitos de usar o CBD para tratar a Fibromialgia?

Pessoas que usam o CBD para tratar a Fibromialgia relataram os seguintes benefícios:

    • Alívio da Dor
    • Diminuição da confiança em remedies contra a dor (pílulas)
    • Menos Inflamações
    • Melhora no Humor
    • Melhora no Sono

Os efeitos colaterais do uso do CBD para tratar a Fibromialgia

Em muitos casos, você vai encontrar informações dizendo que o CBD apresenta alguns efeitos colaterais no seu corpo quando você utiliza o produto para tratar a Fibromialgia. No entanto, quando usado em quantidades maiores pode apresentar efeitos sedativos. Alguns outros efeitos que pessoas que usaram os produtos relataram foram a diarreia e problemas estomacais.

Se você nunca usou o CBD, é recomendado iniciar com uma dosagem pequena e ir aumentando gradativamente. É indicado usar os produtos CBD quando você está tranquilo em casa e quando você sabe que não terá que dirigir depois. Estas recomendações são feitas para que você tenha certeza que irá se controlar se por acaso alguns dos efeitos colaterais aparecer.

Como eu posso usar o CBD para tratar a Fibromialgia?

Pessoas que usaram os produtos CBD para tratar a Fibromialgia relataram que a melhor maneira para consumir o produto é usando um vaporizador ou extratos do produto. Isso por conta do tempo que pode levar até o CBD começar a fazer efeito. Dependendo da sua condição a aposta mais segura é sempre começar com uma dose pequena. É recomendado então entre 5mg e 10mg de CBD.

O ideal é sempre falar com um especialista antes de começar a usar os produtos CBD, especialmente quando você ainda toma outros medicamentos. Isto porque o CBD pode interferir no funcionamento e rendimento dos outros medicamentos que você esta usando.

 

Que tipo de terpenos são os melhores para ajudar com a Fibromialgia?

As características de alguns terpenos são beneficiais na ajuda para controlar os sintomas da Fibromialgia. Estes tipos de terpenos funcionam muito bem quando eles são combinados com o CBD. É importante que você tente encontrar os produtos que possuem um elevado nível de terpenos e são testados por laboratórios.

 

Alguns dos terpenos que você pode testar são:

Linalool: relaxante e alívio de dor.
Pinene: é um composto anti-flamatório.
B- caryophyllene: é um composto anti-flamatório e alivia a dor.

 

O que os estudos falam sobre Fibromialgia e Endocannabinoides?

Estudos conduzidos por especialistas entre indivíduos que sofrem da Fibromialgia receberam dosagens apenas de THC e sem combinar com outros relaxantes. Os pacientes apresentaram uma aparente melhora na dor.
Dr. Russo é um especialista que escreveu diversos artigos sobre a deficiência do endocannabinoide clinico. Em teoria, é comprovado que algumas condições comuns como irritação no intestino, enxaquecas e a Fibromialgia podem ser causadas por deficiência na produção dos endocannabinoides naturais presentes no corpo humano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ten − 2 =