10 min read
Rate this post

Terpenos são hidro carbonos orgânicos encontrados na cannabis que contribuem para dar para esta planta e flores seus mais distintos cheiros e gostos. Resumindo, é a propriedade que dá para a planta o seu aroma exclusivo. Na verdade, este também é um mecanismo de defesa da cannabis pata inibir a ação dos insetos ou veados de comer as plantas.  

Assim como os óleos essências, os terpenos são produzidos nos cabos da glândulas de resina da cannabis, onde os cannabinoides como o THC e o CBD também aparecem. Enquanto consumidores regulares percebem que o terpeno principalmente pelo seu aroma e distinções pungentes, esses compostos promovem muito mais benefícios do que apenas um odor intenso.

Reconhecido pelo FDA como seguro para uso, terpenos podem ser encontrados em muitas frutas, ervas e plantas. Em geral, esses compostos são frequentemente utilizados na produção de fragrâncias com sabores e odores uma grande variedade de produtos orgânicos. Na verdade, a fragrância distinta da marijuana, menta ou lavanda é maioritariamente graças ao terpeno nessas plantas que possui uma estrutura única.

 

Terpenos Importantes Que Você Deve Conhecer

Cada tensão da cannabis possui o sem próprio perfil de terpeno, que é diferente em concentração e composição. Abaixo você poderá saber mais sobre quarto tipos de terpenos que tem a maiores concentrações de cannabis.

 

Limoneno

Os variantes da cannabis que são ricos em limoneno tipicamente apresentam um aroma cítrico característico que lembra o limão ou a laranja. Mais usado na inalação, este terpeno é muito usado na perda de peso, tratamento e prevenção de câncer e alívio da bronquite. Ele também atua num papel muito importante na composição dos cremes e loções ajudando estes produtos a penetrar na sua pele. Limoneno é facilmente encontrado no hortelã, zimbro, alecrim e frutas cítricas em geral.

 

B-Cariofileno

B-Cariofileno é o único terpeno que é conhecido por interagir com o sistema endocannabinoide para produzir um efeito picante, amadeirado ou apimentado. Estudos comprovam que este terpeno possui propriedades anti-flamatórias, portanto ajudam a reduzir a depressão, ansiedade e dor crônica. B-Cariofileno é normalmente encontrado na pimento preta, canela ou manjericão tailandês.

 

Linalool

Encontrado em aproximadamente 200 espécies como: funghi, canela, menta, flores e especialmente na lavanda. Linalool exala um odor que promove uma sensação de relaxamento e calmante. É muito usado como um auxiliar para um melhor sono e para melhorar a produção de Vitamina E no nosso corpo. Além disso, o terpeno Linalool também ajuda muito ao amenizar as inflamações no pulmão que podem ser resultado dos Alzheimer e fumo.

 

B-mirceno

Com um aroma de terra, cravo e almiscarado, o B-mirceno é o terpeno que é mais excretado pela cannabis, que é praticamente mais da metade de todo o terpeno liberado. Muitos estudos mostram que este terpeno possui compostos anti-flamatórios e propriedades úlceras que podem ser usadas como relaxante muscular ou sedativo. Mirceno também é encontrado em outras plantas como o eucalipto, lúpulo, tomilho, erva-cidreira e manga.

 

O Efeito Entourage

Introduzido em 1998 por Raphael Mechoulam e Shimon Ben-Shabat, pesquisadores israelenses, o efeito entourage defende a tese de que todos os compostos naturais da cannabis, como: tetra-hidrocanabivarina, cannabichromene, cannabigerol, ácido canabidiolico, canabinoides e terpenos, podem de maneira sinérgica trabalhar de maneira conjunta para aumentar incrivelmente as propriedades benéficas. Isso significa que os elementos da cannabis trabalham muito melhor em conjunto do que quando separados.

Ao discutir esta teoria, os pesquisadores sempre dão créditos ao uso do espectro complete da cannabis. Esta forma de sinergia pode ser muito importante para as opiniões mais diversas e abrangentes que ainda não foram experimentadas de que as plantas são geralmente melhores juntas do que quando seus compostos são isolados.

 

Como os Terpenos Afetam o Corpo?

Além de server como um mecanismo de proteção para as plantas, os terpenos também atuam no corpo humano. Assim como os cannabinoides que já conhecemos, o CBD e o THC, os terpenos podem interagir com os receptores celulares e neurais no corpo, assim como modular os níveis de neurotransmissores. Ligando-se a estes receptores no seu cérebro, este composto pode aumentar a atividade de dopamina, que regula a recompensa, motivação e prazer, ou impedir a quebra de seratonina, mais conhecida como transmissor “feel-good”. Como resultado, os terpenos, especialmente na cannabis, tem muitos benefícios para saúde como os anti-depressivos. No entanto, ele não causam efeito colaterais debilitantes que nós vemos frequentemente em medicamentos tradicionais para estes problemas.

 

Quais atividades dos terpenos proporcionam benefícios exclusivos para a saúde?

Como dito anteriormente, existem aproximadamente 200 tipos de terpenos disponíveis na natureza e cada um dele possui um efeito diferente no corpo humano. Entre eles, alguns tipos que promovem estes benefícios exclusivos são:

 

+Limonene

Este terpeno é dominante na Sativa. Ele atua na depressão e ansiedade.

 

+Mirceno

Encontrado em muitas variedades da cannabis, o mirceno possui efeito anti-flmatorio que ajudam como relaxante muscular e sedativos.

 

+Linalool

Este é um dos mais populares tratamentos para aqueles que sofrem de ansiedade. Além disso, ele ajuda na Epilepsia e no controle do estresse.

 

+Terpinoleno

Demonstrou ter efeitos anti-câncer no cérebro. Além disso o terpinoleno pode ser usado em inúmeros tratamentos incluindo o antifungo, antibacterial e antioxidante.

 

+Ocimene

Com um cheiro doce e agradável, Ocimene é muito usado  no tratamento de muitas dores que vão desde as viroses até as congestões.

Analise Rodent do CBD no Stress e Ansiedade

Analise Rodent do CBD no Stress e Ansiedade revelou que pequena para moderada dose de CBD tem efeitos anti-ansiedade. No entanto, estes efeitos impactam no receptor de seratonina, 5-HT1, que fica bloqueado após um tempo. Isso indica que pequenas doses de CBD perto do pico de Rodente resposta U-invertida é responsável por diminuir a ansiedade.

As doses de CBD em seres humanos relacionadas a pessoas com Desordem Social Generalizada, em inglês GSD, apontaram um resultado positivo na redução da ansiedade destes pacientes. Doses pequenas e moderadas de CBD são efetivas no alívio do stress e aumento da performance em simulações de discursos em público. Este efeito positivo são relacionados à restauração das funções normais do cérebro associadas ao que diz respeito à ansiedade e emoção.

 

Por que  Terpenos são importantes?

Terpenos proporcionam uma variedade de efeitos médicos benéficos como anti-carcinogeno, antisséptico e antimicrobial. Como resultado, eles são usados normalmente para reduzir inflamações, aliviar a dor e  melhorar as condições do sono.

Em termos de eficiência, estes compostos já são comprovadamente tão saudáveis e valiosos quanto os cannabinoides com o CBD e THC, que comprovadamente reduzem a dor e enxaqueca. Por exemplo, um estudo no laboratório na Universidade de Chicago, em 2011, revelou que o Pineno, um tipo comum de terpano, ajuda no tratamento de infecções virais e bacterianas. Além disso, outros terpenos mostraram ter efeitos e características anti-cancer e anti-flamatorio, além de ajudar com a depressão e digestão.

 

O que as pesquisas falam sobre o CBD e os terpenos?

Em 2011, um estudo inovador do pesquisador e neurologista, Ethan Russo, descreve a maneira que os terpenos e os cannabinoides trabalham juntos para modular e aumentar os seus efeitos benéficos no sistema endocannabinoide. Por um longo período, foi considerado que o THC era apenas um componente psicoativo da cannabis. Porém, Russo e sua equipe revelaram como os outros compostos os, como os terpenos, e os óleos do CBD podem aumentar ou diminuir os efeitos das doenças.

Outro estudo clinico, desta vez da Universidade de Tóquio, em 2015, também revelou que muitos tipos de terpenos podem produzir sinergia no que diz respeito ao tratamento das inflamações, dores, ansiedade, depressão, epilepsia, vícios, câncer e infecções bactérias e virais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

4 × four =